Através do Raios X do abdome, pode-se descobrir uma variedade de condições, incluindo obstrução intestinal, coleção de líquidos intra-abdominais, cálculos na vesícula biliar ou no aparelho urinário ou outras calcificações intra-abdominais patológicas.

Entre os órgãos abdominais visibilizados incluem-se o fígado, o rim e o baço. No Raios X do esqueleto, os problemas esqueléticos (particularmente as fraturas) são bem visibilizados. As radiografias do esqueleto podem ser úteis para estabelecer ou excluir o diagnóstico de distúrbios nutricionais e endócrinos complicados por alterações no metabolismo das proteínas ou pela deposição de cálcio ou fósforo; estas demonstram também os vários tipos de artrite, osteoporose, intoxicação pelo chumbo e hipervitaminose A.

São ondas eletromagnéticas que sofrem, refração, reflexão difração entre outros aspectos, e quando transmitidas através dos pacientes, são captados, em um filme, e a imagem obtida permite distinguir estruturas com tonalidades de cinza diferenciadas.

 

bn-diagn5